Categorias

Amoras Silvestres

Rica em açúcares, ácidos orgânicos e vitaminas A, B, E, K e C, minerais (caliço, potássio, magnésio e ferro) e fibras, a amora silvestre consome-se sobretudo entre julho e agosto no seu estado natural e congelada nos restantes meses do ano. Este fruto silvestre, que em muitas zonas do país ainda cresce de forma completamente selvagem, pode ser utilizado na preparação de gelados, doces, tartes e bebidas.

Informação Nutricional

Quantidade Por 100 gramas
Calorias 43
Lípido 0,5 g
Gordura saturada 0 g
Gordura poliinsaturada 0,3 g
Gordura monoinsaturada 0 g
Colesterol 0 mg
Sódio 1 mg
Potássio 162 mg
Carboidrato 10 g
Fibra dietética 5 g
Açúcar 4,9 g
Proteína 1,4 g

Benefícios das Amoras Silvestres

• É um poderoso antioxidante
• Melhoram o trânsito intestinal
• Reduzem os níveis de colesterol no sangue
• Ajudam a prevenir a arteriosclerose
• Reduz o risco do aparecimento de doenças degenerativas

-33%

2,00 3,00